Uso de cinzas de madeira para nutrição do solo vem sendo estudada

Image

Pesquisa desenvolvida pela Universidade Estadual Paulista trabalhou o assunto em diferentes aspectos

O uso de cinzas da queima da biomassa florestal vendo sendo estudada para fortalecer o desenvolvimento sustentável no Brasil. Um estudo publicado pela Universidade Estadual Paulista destacou a possibilidade da aplicação das cinzas no solo de modo que a mesma se tornasse uma espécie de retorno nutricional.

A pesquisa ressalta que mesmo os resíduos deixados pela biomassa florestal para geração de bioenergia como resíduos florestais e caules devem voltar ao solo em forma de cinzas, de modo que o mesmo devolva ao solo alguns macronutrientes para o ambiente e tenha um efeito positivo no crescimento de árvores e outros componentes o ambiente como água e solo.

Informações foram retiradas e analisadas pelos pesquisadores da Política Nacional do Meio Ambiente, da Política Nacional de Resíduos Sólidos, da legislação sobre Licenciamento e Revisão de atividade efetiva ou potencialmente poluidoras e também da Legislação sobre o licenciamento das Atividades Agropecuárias.

Mesmo sendo uma possibilidade sustentável, o uso de cinzas de madeira, de acordo com o estudo, ainda precisa ser mais estudada à fim de definir parâmetros como processos de licenciamento ambiental e que também definam as demandas para o desenvolvimento ambiental.

O estudo completo com os métodos e materiais utilizados na pesquisa e conclusões sobre o tema podem ser acessadas na edição 45 da Revista Biomassa BR tanto online como impressa. Intitulada como "Cinzas de Madeira e Licenciamento Ambiental", a pesquisa pode ser lida pelo link: https://issuu.com/revistabiomassabr/docs/revista_biomassa_br_ed_45_low


Fonte: Portal Biomassa BR

Gostou do Conteúdo, Cadastre-se já e receba todas as notícias de BiomassaBR no seu email cadastrado

Compartilhe esta noticia: