DF visa alavancar projetos de biomassa nos próximos anos

Image

Iniciativa faz parte do plano estratégico para aumentar produção de energia renovável no estado

O plano estratégico de 2019 a 2060 do governo do Distrito Federal visa estimular a produção de energia renovável na região a fim de não depender mais de outros estados para geração de energia. Dentre as fontes escolhidas está a biomassa e também a fotovoltaica.

Em entrevista à Agência Brasília, a secretária-adjunta de Planejamento da Secretaria de Fazenda, Orçamento e Gestão (SEF), Adriana Lorentino, destacou que a implantação de novos modelos com foco no desenvolvimento sustentável é necessária para o estado.

“No contexto em que tendências apontam para o aumento do consumo de energia, configuram-se enquanto desafios para o Distrito Federal a diversificação da matriz energética, com aumento da participação de energias renováveis como biomassa e energia fotovoltaica (solar), juntamente com o aumento da eficiência e a redução de perdas dos sistemas” ressalta ela a agência.

Dentre os planos estratégicos estão a produção de biodisel com a transformação do óleo de cozinha através do Projeto Biguá da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb). O objetivo é transformar o material em biodiesel e abastecer a frota de veículos da Caesb e de suas parceiras, além disso o bioproduto também poderá ser usado nos geradores responsáveis pelo tratamento de esgoto da capital.

Com a meta de aumentar a produção renovável até 25% até 2060, o estado visa investir em projetos de biogás em estações de tratamento de esgoto e também na instalação de usinas solares fotovoltaicas em várias regiões, já que Brasília conta com todos os requisitos para este tipo de produção uma vez que o índice de irradiação solar é grande.


Fonte: Portal Biomassa BR

Gostou do Conteúdo, Cadastre-se já e receba todas as notícias de BiomassaBR no seu email cadastrado

Compartilhe esta noticia: