O Portal Biomassa BR traz uma entrevista exclusiva com Deputado Estadual Virmondes Cruvinel, autor do Programa de Incentivo a Energia Solar em Goiás

Image

Cruvinel será um dos palestrantes do Fórum GD - Região Centro-Oeste que acontece esse mês

Biomassa BR: Nos conte um pouco sobre a sua história e a sua participação na política.

Virmondes Cruvinel - Sou Procurador do Estado licenciado e professor universitário. Comecei na política estudantil e fui o Vereador mais votado de Goiânia em 2012. Agora estou no segundo mandato de Deputado Estadual, defendendo a educação, o desenvolvimento sustentável, o empreendedorismo e os direitos da cidadania. Presido a Comissão de Minas e Energia e sou titular da Comissão de Constituição e Justiça. Represento a região metropolitana de Goiânia e também o Oeste do Estado.


Biomassa BR: A produção de energia renovável no Brasil está em crescimento. Além de ideal para a preservação do meio ambiente, ela também contribui para o desenvolvimento social e econômico do país. Na sua visão qual a importância de políticas públicas voltadas para o setor?

Virmondes Cruvinel - As políticas públicas voltadas para o setor são essenciais para o desenvolvimento da sociedade, especialmente, considerando que a energia gerada a partir das fontes renováveis viabiliza a democratização para o alcance de todos, quer sejam os grandes segmentos de negócios que induzem e aquecem a economia, quer seja para o alcance das comunidades de baixa renda. Ao meu ver, um bom exemplo dessa realidade pode ser aferido com a evolução da fonte solar fotovoltaica.


Biomassa BR: Fale um pouco sobre o Programa de Incentivo ao Aproveitamento da Energia Solar em Goiás que é de sua autoria.

Virmondes Cruvinel – Em verdade, o Estado de Goiás, por meio de um programa instituído por meio de Decreto, regulamentou uma política de Estado, criando condições para o desenvolvimento das fontes renováveis, sobretudo a solar fotovoltaica, como um modelo a ser concebido para que as demais fontes renováveis possam ser disseminadas. Trata-se de uma política pública estadual que fomenta a geração e o uso da energia solar fotovoltaica, quer seja na Geração Distribuída ou Centralizada.


Biomassa BR: No próximo mês Goiás recebe a quinta edição do Fórum GD - Região Centro-Oeste e o senhor estará presente como palestrante. Qual a importância de eventos como este para o setor de Geração Distribuída e por que o senhor decidiu fazer parte desta história?

Virmondes Cruvinel – Destaco prioritariamente a importância do evento para a evolução dos trabalhos da política pública de gestão de energias renováveis. Estou honrado em participar como palestrante e realço que o Fórum GD Centro-Oeste traz para Goiânia os grandes players do segmento para debater o que há de inovador em todo o mercado do setor energético. Por meio de iniciativas desta magnitude, de forma regionalizada, é possível que o ecossistema, tenha acesso às pautas inovadoras, emergentes e fundamentais para a evolução necessária da cadeia produtiva do setor.

Ainda, vejo com bons olhos esta perspectiva de aproximação do Executivo, do Legislativo, as entidades de classe e todos os centros de inovação, pesquisa e produção de conhecimento. Em meu trabalho parlamentar busco reproduzir esta visão, priorizando estas mesmas frentes de trabalho, concatenando este viés de energia também com a parte de inovação e educação.

Tento caminhar pela manutenção daquilo que praticamos no nosso Fórum Permanente de Assuntos Relacionados ao Setor Energético de Goiás, estruturado sob a governança de uma abordagem interdisciplinar, porque aproxima os interesses do segmento unidos na área do empreendedorismo e da inovação, tendo como foco o desenvolvimento regional e as áreas de interesse e prospecção dentro do Estado de Goiás.


Fonte: Portal Biomassa BR

Gostou do Conteúdo, Cadastre-se já e receba todas as notícias de BiomassaBR no seu email cadastrado

Compartilhe esta noticia: